Dicas

Seguro-Saúde do Cartão Mastercard funciona?

Nesse texto iremos relatar a nossa experiência usando o seguro gratuito oferecido pelos cartões da bandeira Mastercard.

Quando iniciamos a nossa jornada pelo mundo uma das nossas preocupações era com a saúde e com eventual necessidade de precisar de um hospital. Pesquisamos alguns seguros, fizemos cotações anuais, mas acabamos não fazendo nada, pois os valores são bem altos para se ter um cobertura completa.

Como a  bandeira do nosso cartão de crédito é Mastercard e sabíamos que eles ofereciam um seguro saúde viagem, decidimos arriscar!

O que você precisa fazer?

  1. Comprar a passagem aerea com o cartão;
  2. Emitir o bilhete do seguro no site www-180.aig.com/mc/regional/pt . É só entrar nesse site, preencher o formulário e guardar o bilhete de seguro que eles mandam para o seu e mail.

Nosso relato

Fizemos os pontos 1 e 2 , e embarcamos no dia 13/02/18.

No dia 02 de março de 2018, jogando basquete em um clube aqui nos EUA, Fábio machucou o dedo. Foi coisa simples, o dedo parecia inchado, achávamos que não tinha quebrado, porque ele conseguia mexer normalmente.

Blz! Mas, por via das dúvidas, decidimos passar uma clínica de ortopedia e bater um raio-x, só para não correr o risco de ser algo mais grave e ter algum consequência no futuro.

Bom, fomos até a clínica e todo o atendimento médico mais o exame custou $ 157 dólares. Pagamos e pedimos o recibo e todo o relatório médico do ocorrido.

Em seguida, entramos no site https://www.mycardbenefits.com/ e abrimos o pedido de ressarcimento anexando toda a documentação necessária. Vou listar aqui para você lembrar de guardar tudo isso digitalizado antes mesmo da viagem:

  • Bilhete do Seguro;
  • Cópia do Itinerário da Viagem;
  • Recibo de compra da passagem aérea;
  • Fatura do cartão de crédito, que mostre a compra da passagem aérea;
  • Relatório detalhado das despesas médicas;
  • Cópia do extrato do cartão de crédito, em que conste o pagamento das despesas médicas;
  • Relatório Médico – Laudo Médico + exames;
  • CNH e comprovante de residência

Detalhe importante: O fato acontecido tem que ser em até 30 dias da data de embarque!

Não acreditávamos que fosse funcionar, mas deu certo!

Abrimos o chamado no site no dia 08/03/18 e recebemos um e mail em 04/04/18 afirmando que o pedido de ressarcimento havia sido aprovado! Dia 26/04/18 o dinheiro caiu na conta!!!

Uhuuuu!!!

Esse nosso relato é bem específico. Não sabemos afirmar se o caso se resolveria tão facilmente se envolvesse internamento ou valores mais altos. O fato é que, pela apólice, o seguro do cartão cobre até $150.000 mil dólares.

Nada mal!

Seguimos viagem!

Esperando não precisar usar nunca mais 😀

Facebook Comments