América do Norte,  Houston,  Volta ao Mundo

Houston – A primeira parada da nossa volta ao mundo

Chegamos em Houston dia 14/02/18, primeira parada da nossa volta ao mundo. Alugamos um quarto num bairro chamado Memorial, um pouco afastado do centro da cidade. Não tínhamos ideia de como era a cidade, mas a primeira dica é alugar um carro, a cidade é muito grande e as atrações mais legais ficam muito longe.

Para alugar o carro, usamos um aplicativo de compartilhamento, tipo o airbnb, chamado TURO. Em breve compartilharemos nossa péssima experiência com esse aplicativo.

Segue uma lista das principais atrações que visitamos em Houston…

  • Hermann Park, uma área grande com várias atrações jardins, lagos, zoológico. Lugar legal para relaxar e fazer uma caminhada.

 

  • No Hermam Park tem o Mcgovern Centennial Gardens, um jardim criado em comemoração ao centenário do park.

  • Fomos ao Houston Arboretum and Nature Center, mas soubemos, um pouco tarde, que a última enchente havia devastado o local, as árvores estavam caídas e o local parecia  em reconstrução.
  • Por isso, passamos pouco tempo e seguimos para o Memorial Park, damos uma caminhada pela área, passando pelo campo de golfe e por uns parques infantis, que não era pra adulto claro, mas eu acabei indo no balanço kkkk. Não aconselho desobedecer as regras aqui ….
  • Depois fomos ao Terry Hershey Hike Park, esse foi o mais legal, tem uma trilha urbana bem bonita e bem grande. O pessoal usa o caminho para andar de bike, porque é realmente bem extenso. Fomos até metade do caminho, encontramos uma mini-biblioteca comunitária, pegamos um livro sobre rotas e trilhas nos EUA…. e seguimos para casa.

  • No sábado fomos ao Space Center, onde ficam as instalações da NASA e o centro de atrações relativa ao programa espacial americano. O passeio é muito interessante, acho que foi o mais legal que fizemos em Houston.

 

  • Muita história e todos os detalhes do caminho feito pelos astronautas para conquistar o espaço. O ingresso custou $24.50 por pessoa, comprando on-line você consegue desconto e pode agendar o horário do trem.
  • O trem é um passeio incluso no valor do ingresso e tem duas opções. Você pode escolher o passeio de 1he30 ou o de 30 mim. Fomos no mais longo. No trem mais longo você conhece a sala de operações do apolo 11, um grande galpão onde são feitas as simulações dos ambientes sem gravidade e um outro grande galpão onde fica um dos foguetes chamado saturno.
  • Assistimos vários vídeos interessantes contando as histórias das operações espaciais, almoçamos (detalhe: o almoço lá é bem caro, por isso levamos um sanduiche by walmart), pegamos o trem e depois fomos conhecer o avião que deu suporte aos voos das Naves Espaciais e do ônibus espacial (réplica que fica em cima do avião).
  • Os principais filmes e apresentações têm horário agendado e normalmente acontecem a tarde, por isso, a melhor opção é reservar o passeio de trem para o período da manhã e deixar a tarde para assistir os filmes e visitar os ambientes.

*Observações: Não pode usar pau de selfie na Nasa. Tivemos que voltar para o carro e guardá-lo.

  • No domingo, fomos à LakeWood Church, uma igreja GIGANTE e sem denominação. Acho que essa foi a maior igreja evangélica que visitamos. O culto foi muito bom!
  • Conhecemos o Water Wall, uma parede gigante com uma cascata de água. E a região vizinha chamada Lakes on Post Oak, muito bonita…

  • Em Houston tive minhas primeiras aulas de inglês \o/ Uma boa dica é buscar por Bibliotecas Públicas! Enquanto aguardava a publicação da minha licença, não queria me precipitar e me matricular em um curso regular, por isso fui na Biblioteca Pública de Houston.
  • Normalmente eles oferecem aulas chamada ESL – English as Second Language, é grátis e muito legal 😀

No nosso último dia em Houston decidimos ir para mais próximos ao aeroporto, pois o nosso voo sairia às 7hs da manhã para Chicago. Devolvemos o carro alugado, pegamos um Lift e fomos até a nova casa. Chegando lá, os donos não estavam.  Seguindo as instruções, entramos e encontramos a Carola, uma cachorrinha de médio porte, bem tranquila 🐶

Seguimos para o quarto nº 01, como indicava o dono da casa no aplicativo. O quarto estava todo sujo e com pelo de cachorro em toda cama. Tivemos um susto, mandamos mensagem para o Host …

O host, que inclusive era Superhost*, havia se confundido e indicado o quarto errado pra gente. Ufa! O hóspede do quarto 01 havia acabado de deixar a casa e esqueceu a porta do quarto aberta, então a Carola entrou e fez a festa kkkk.

*Explicando melhor sobre Superhost.: No app do Airbnb as pessoas que alugam seus quartos recebem o status de superhost quando têm várias avaliações positivas. Então, um bom indicativo de sucesso em sua estadia é escolher um quarto/apt que o dono seja superhost.

Deixamos as malas e fomos conhecer a região chamada Humble, uma vizinhança bem tranquila e um parque natural com rio. Fomos até o parque, depois passamos no supermercado e seguimos para nossa próxima jornada.

 

Nossa aventura continua em Chicago ✈

Facebook Comments